O dia em que Arteta passou «You’ll Never Walk Alone» no treino do Arsenal

O dia em que Arteta passou «You’ll Never Walk Alone» no treino do Arsenal

A música do adversário na própria casa.

O treinador do Arsenal, Mikel Arteta, decidiu passar, em novembro de 2021, num treino de preparação para a deslocação a Liverpool, a música «You’ll Never Walk Alone», habitualmente ouvida em Anfield desde a década de 60.

A curiosa opção foi conhecida a dias do lançamento da série All Or Nothing dedicada ao Arsenal, cujos primeiros três episódios vão para o ar esta quinta-feira, estes centrados no mau início de época do Arsenal em 2021/22 e na visão dos adeptos sobre o técnico espanhol dos gunners.

Em declarações ao Maisfutebol, numa videoconferência, o futebolista norueguês Martin Odegaard recordou o episódio, no qual Arteta pediu duas colunas de som para colocar no relvado, com o objetivo de passar a música do Liverpool enquanto o Arsenal treinava para o ante a formação de Jurgen Klopp.

«Foi antes do jogo fora, ele passou a música no treino (risos). Houve algum choque quando chegámos ao campo de treino, mas depois penso que todos nós entendemos o que ele queria fazer e o que queria alcançar: prepararmo-nos para os adeptos em Anfield, porque pode ser muito barulhento lá e penso que é mais um exemplo do que é o nosso treinador, de querer preparar a equipa da melhor forma. Foi engraçado: quando chegámos, toda a gente estava um pouco surpreendida, mas penso que todos gostaram da ideia», partilhou Odegaard.

Também ao nosso jornal, o médio inglês Emile Smith Rowe lembrou o momento, patente nos episódios da série documental. «Foi engraçado. Ele [Arteta] disse-nos na reunião antes do treino, penso. Vimos uma coluna no campo e ficámos a pensar. “Uau, ele vai mesmo fazer isto”. Foi bom, só tentou ajudar a estarmos ambientados ao que seria a atmosfera e aproximar ao máximo. Foi uma boa forma de estarmos preparados. Obviamente que o resultado não foi o planeado, mas foi engraçado na altura, quando ele nos disse», afirmou.

O resultado não foi mesmo o esperado, porque o Arsenal perdeu em Anfield por 4-0, em jogo da 12.ª jornada da última edição da Premier League.

A explicação de Arteta, com o ciclismo espanhol à mistura

Num excerto da série divulgado na terça-feira, com o momento, Arteta explicou o motivo da sua opção, falando numa das ideias «mais malucas» que já teve.

«Há uma palavra que utilizamos em Espanha no ciclismo, quando um ciclista está a pedalar e parece estar incrível e, num quilómetro, ele vai-se [ndr: gesto com a mão de cima para baixo]. Ele parece preso e temos uma palavra espanhol para isso, chamada “bajara”. E eu tive isso uma vez em Anfield. O jogo estava a correr bem e, de repente, só conseguia ver camisolas vermelhas a voar à minha volta, o jogo estava a passar todo por mim e eu não conseguia reagir. As pessoas diziam “o que é que ele está a fazer?”. E eu: não consigo ajudar emocional e fisicamente. Foi tudo muito rápido. Só tive essa sensação uma vez na minha carreira e foi em Anfield», detalhou.

«Rapazes, mentalmente, começámos o jogo agora, ok? Estamos em Anfield, vamos lá», disse então Arteta no treino, antes de lançar a bola para a situação de jogo, no treino do Arsenal.

Read More